Clipping

Açúcar derrete mais de 100 pontos na semana e fecha próximo a casa de 12 cts/lb

Postado em 9 de Março de 2020

Os contratos futuros do açúcar derreteram 40 pontos no vencimento maio/20 da bolsa de Nova York na última sexta-feira (6), fechando cotado a 13,02 centavos de dólar por libra-peso. Ao todo, a commodity caiu 102 pontos em cinco sessões, ou seja, 22,50 dólares a menos por tonelada na última semana.

No vencimento julho/20 o açúcar bruto caiu 37 pontos, cotado, também, em 13,02 cts/lb na última sexta-feira. Nos demais lotes a desvalorização oscilou entre 6 e 32 pontos, "imponente derretimento", segundo apurou o economista Arnaldo Luiz Corrêa, da Archer Consulting.

Por sorte, para alguns, ainda segundo levantamento da Archer, 78% das usinas já tinham fixado seus preços nas últimas semanas. "Nunca tivemos um ano em que as usinas - de maneira tão disciplinada - tenham tido um extraordinário volume de vendas fixadas, antes mesmo de começarem a moer a primeira tonelada de cana", destacou Corrêa.


Londres

Em Londres a última sexta-feira (6) também foi de baixa nos preços do açúcar branco em todas as telas. O vencimento maio/20 viu a commodity se desvalorizar 13,20 dólares, com negócios em US$ 370,30 a tonelada. Já a tela para agosto/20 derreteu 9,70 dólares, com negócios em US$ 368,40 a tonelada. Nos demais vencimentos a commodity caiu entre 5,10 e 8,10 dólares.


Mercado doméstico

No mercado interno, medido pelo Cepea/Esalq, da USP, a saca de 50 quilos do açúcar cristal foi comercializada na sexta-feira (6) em R$ 80,91, valorização de 0,72% no comparativo com a véspera.

 


Fonte: Agência UDOP de Notícias