Clipping

A broca-da-cana é um problema na sua lavoura?

Postado em 27 de Outubro de 2020

Com forte investimento em inovação, a Corteva Agriscience lança novo produto para combater a principal praga das lavouras de cana-de-açúcar 

Os produtores de uma das maiores culturas do Brasil, a cana-de-açúcar, sempre sofreram com a broca-da-cana (Diatraea saccharalis), que, com apenas 1% de infestação, consegue causar a perda de até 35 quilos de açúcar e 30 litros de álcool por hectare. Ela é uma das principais pragas do ramo, já que a lagarta possui efeito direto na qualidade da matéria-prima e, segundo especialistas, pode gerar prejuízos de até R$ 5 bilhões por ano ao setor.

A boa notícia no combate a esse problema vem do setor de Pesquisa & Desenvolvimento da Corteva Agriscience. Após a contratação de novos profissionais com alto conhecimento técnico e o investimento da companhia em pesquisas para chegar a resultados efetivos, acaba de chegar ao mercado o Revolux®, que proporciona um melhor controle da broca-da-cana desde a primeira aplicação. As lagartas abrem galerias na planta e microrganismos aproveitam para entrar nela e depreciar a qualidade da matéria-prima. Sendo assim, nota-se a importância de uma solução que tenha alta velocidade de ação e longo período de controle.

O novo produto reforça a atuação da empresa no segmento de cana-de-açúcar, ampliando o portfólio de opções que já contempla inseticida, herbicida, fungicida, maturador e nematicida microbiológico. O Brasil é o maior produtor do mundo, com mais de 9 milhões de hectares de área plantada e um mercado de proteção de cultivos de US$ 1,4 bilhão, de acordo com a Spark. Segundo a Diretora Comercial da Corteva Agriscience Mariana Castanho, o objetivo da empresa é contribuir para um crescimento sustentável do setor por meio de lançamentos de novas tecnologias e inovações. “Esta é uma cultura estratégica para a companhia, por isso contamos com a ampliação do time, assim como de nossos parceiros, para levar soluções inovadoras aos clientes. Além do lançamento do inseticida Revolux, teremos muitas novidades em breve”, conta.

Inovação no DNA

A Corteva Agriscience investe US$ 1,2 bilhão em Pesquisa & Desenvolvimento por ano, dos quais US$ 200 milhões são destinados ao Brasil. Entre os resultados conquistados pela empresa está o Revolux®. Composto por dois novos ingredientes ativos (Espinetoram e Metoxifenozida), o produto atua com dois modos de ação diferenciados para uma proteção prolongada da cana contra a broca-da-cana, com seletividade aos inimigos naturais. Revolux® é uma referência para o manejo integrado de pragas (MIP) ao permitir rotacionar modos de ação dentro da estratégia do manejo de resistência. Os dois princípios ativos ganharam o prêmio de química verde, chancelado pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA), por sua ação específica em insetos-alvo e seletividade aos organismos benéficos em condições de campo.

Quer garantir ainda mais produtividade, qualidade e rentabilidade na sua lavoura?

Clique aqui e saiba mais sobre o lançamento! 

 


Fonte: Assessoria Corteva