Clipping

A evolução nos últimos 20 anos da mecanização da cultura canavieira

Na década de 1990, a mecanização da colheita da cana-de-açúcar no estado de São Paulo representava entre 20 a 30%, na safra 2017/18 chegou a quase 100% 

A cana-de-açúcar é a última das grandes culturas a mecanizar seu processo de produção. O uso das máquinas começou pela colheita da cana, motivado pelas proibições da queima, redução da mão de obra e pelo aumento dos custos trabalhistas.

Nos primeiros anos da década de 1990, estimava-se que a colheita mecanizada representava entre 20% e 30% da área de cana plantada no estado de São Paulo. Em 2008, o índice de mecanização nos canaviais paulistas atingiu 40,7%, o avanço foi impulsionado pelo Protocolo Agroambiental firmado em 2007 entre a Secretaria do Meio Ambiente do Estado e o setor Sucroenergético que se comprometeu a antecipar o fim da queima nas lavouras de São Paulo para 2014, em áreas mecanizáveis, e para 2017, nas não mecanizáveis. Por lei, o fim da queima estava previsto para 2021 e 2031, respectivamente. E na safra 2017/18 a mecanização chegou a 98%.

A evolução da mecanização na lavoura canavieira e os resultados obtidos pelo uso de tecnologias mais recentes voltadas ao processo de produção agrícola estão entre os destaques da programação do 20º Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-Açúcar, que será realizado nos dias 21 e 22 de março em Ribeirão Preto, SP. 

Considerado o evento técnico mais importante em produção de cana no Brasil, o seminário de mecanização aborda e discute há duas décadas a evolução de máquinas, equipamentos, tecnologias e práticas adotadas na área agrícola do setor sucroenergético.

Na programação do vigésimo aniversário do evento, haverá palestras e debates relacionados aos temas mais relevantes do momento sobre mecanização e produção de cana, além da apresentação de “cases” de sucesso.  A redução da compactação e do arranquio de soqueira, decorrentes do uso incorreto da colheita mecanizada, estão entre os principais assuntos que serão abordados, destaca o engenheiro agrônomo Dib Nunes Jr., diretor do Grupo IDEA, que é responsável pela organização e realização do evento.  

 

O Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-Açúcar é um evento de atualização técnica, voltado para produtores de cana, gestores e profissionais de usinas. “Estamos esperando aproximadamente 800 pessoas”, calcula Dib Nunes

Serviço:

20º Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-Açúcar

Data: 21 e 22 de Março de 2018

Local: Centro Taiwan de Eventos – Ribeirão Preto - SP

Mais informações: 16 3211 4770

E-mail: eventos@ideaonline.com.bra


Fonte: CanaOnline