Clipping

ABIMAQ solicita aporte de recursos para linhas de financiamentos agrícolas

Postado em 17 de Abril de 2019

Com o objetivo de solicitar a suplementação de verbas de linhas de crédito no segmento agrícola, como Moderfrota, Inovagro e Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA), João Marchesan, presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ- Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, e Pedro Estevão Bastos, presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas (CSMIA) da entidade, reuniram-se com os deputados  Alceu Moreira, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Arnaldo Jardim, Vice-Presidente Região Sudeste da FPA, além de  Rogério Boueri, subsecretário de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Economia, nesta terça (16), em Brasília.

“Já prevíamos desde o fim do ano passado que os recursos do Plano Safra 2018/19 não chegariam até o fim ciclo agrícola 2018/2019, em 30 de junho, e já solicitamos na época o remanejamento de verbas de outros programas suplementar”, ressaltaram os representantes da ABIMAQ e CSMIA na reunião.

Na audiência, foi solicitado por Marchesan e Bastos especial atenção dos parlamentares no sentido de atender satisfatoriamente a demanda de investimentos especialmente para atendimento das feiras que serão realizadas, entre elas a Agrishow, que acontecerá de 29 Abril a 03 Maio, em Ribeirão Preto.

João Marchesan sugeriu que para manutenção dos investimentos, ganhos de produtividade e produção no setor agropecuário brasileiro haja aporte de R$  2,5 bilhões na linha do Moderfrota. Originalmente o pleito era de R$ 3 bilhões, mas houve recentemente um remanejamento de R$ 470 milhões para a linha. "O segmento agrícola está investindo, renovando seu parque de máquinas, que tem 50% da frota com idade média de 10 a 15 anos de uso. Não podemos perder este momento de contínuos investimentos na modernização, levando em conta que estamos entrando na era da Agricultura 4.0".

Para Pedro Estevão Bastos, é importante o governo buscar alternativas a fim de aumentar a disponibilidade de crédito para investimento. “Os recursos do Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA) necessita aporte de R$ 500 milhões. Já as linhas, Moderagro e Inovagro também precisa de incremento de R$ 500 milhões cada. Esta situação influencia diretamente na movimentação dos negócios no segmento agroindustrial”.

O pleito foi apresentado também para Tereza Cristina, ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), no dia 1 de abril, em Brasília. “Continuaremos nossos esforços para defender o setor de máquinas e implementos agrícolas”, reforçaram os presidentes da ABIMAQ e CSMIA.

 


Fonte: ABIMAQ