Clipping

Açúcar bruto atinge máxima de 2 anos na ICE diante de ofertas apertadas

Postado em 13 de Janeiro de 2020

Os contratos futuros do açúcar bruto negociados na ICE atingiram uma máxima de dois anos nesta sexta-feira, conforme atrasos de colheita na Tailândia e na Índia ajudaram a tornar as ofertas mais apertadas, enquanto o café arábica voltou a subir após tocar mínima de um mês e meio.

AÇÚCAR

O contrato março do açúcar bruto fechou em alta de 0,36 centavo de dólar, a 14,07 centavos de dólar por libra-peso, depois de avançar até 14,12 centavos, mais alto nível desde janeiro de 2018.

Operadores disseram que os preços foram apoiados pelo aperto nas ofertas, após atrasos de colheita na Índia e na Tailândia.

“A área e a produtividade da cana na Tailândia continuam sob risco, com a produção recuando cerca de 2,5 milhões de toneladas nesta temporada em comparação anual”, disse em nota Aakash Doshi, estrategista sênior de commodities do Citi.

Doshi elevou em 600 mil toneladas sua previsão para o déficit global de açúcar em 2019/20, que agora figura em 7,6 milhões de toneladas.

O açúcar branco para março avançou 9,40 dólares, para 376,80 dólares por tonelada.

 


Fonte: Reuters