Clipping

Açúcar bruto recupera perdas diante de salto do petróleo

Postado em 9 de Abril de 2020

Os contratos futuros do açucar bruto negociados na ICE recuperaram perdas verificadas no início da sessão e terminaram esta quarta-feira praticamente estáveis, influenciados por uma recuperação nos preços do petróleo.

O contrato maio do açúcar bruto fechou em queda de 0,01 centavo de dólar, ou 0,1%, a 10,37 centavos de dólar por libra-peso, depois de registrar perdas de até 1,5% no começo da sessão.

Operadores disseram que os futuros do açúcar se recuperaram em linha com um salto nos preços do petróleo, depois de notícias quanto a um possível acordo de membros e não membros da Opep para cortes de produção.

No entanto, o mercado continua pressionado por um provável aumento na fabricação de açúcar no Brasil, o que deve levar a um superávit global na temporada 2020/21.

“A região poderá produzir de 8 milhões a 9 milhões de toneladas a mais de açúcar em 2020/21, na comparação com a temporada anterior”, disse a consultoria Agritel em nota.

O açúcar branco para maio avançou 11 dólares, ou 3,3%, para 339,40 dólares por tonelada.

As exportações de açúcar branco da Índia foram praticamente paralisadas devido ao “lockdown” para combate ao coronavírus, privando o mercado global de ofertas fundamentais após uma safra ruim na Tailândia.


Fonte: Reuters