Clipping

Açúcar bruto renova máxima de 2 anos na ICE

Postado em 16 de Janeiro de 2020

Os contratos futuros do açúcar bruto negociados na ICE subiram nesta quarta-feira e renovaram máxima de dois anos tocada na véspera, apoiados por um aperto na oferta.

O Contrato março do açúcar bruto fechou em alta de 0,20 centavo de dólar, a 14,52 centavos de dólar por libra-peso, após avançar para nova máxima de dois anos de 14,57 centavos.

O mercado tem sido puxado pelo aperto das ofertas, enquanto fundos de investimentos também constroem posições compradas.

“Analistas ao redor do mundo continuam revisando para cima as perspectivas de déficit no balanço global”, disse a consultoria Agritel em nota, acrescentando que os atrasos de colheita na Índia e na Tailândia são motivos para preocupação.

No entanto, os avanços continuam limitados pela perspectiva de que preços mais altos podem encorajar usinas do Brasil a elevar a produção de açúcar, consequentemente reduzindo a de etanol.

O açúcar branco para março avançou 3,60 dólares, para 393,40 dólares por tonelada.

 


Fonte: Reuters