Clipping

Açúcar bruto toca máxima em quase sete semanas na ICE

Postado em 16 de Janeiro de 2019

Os futuros do açúcar bruto na ICE subiram para os maiores níveis em quase sete semanas nesta terça-feira, com especuladores cobrindo posições vendidas e acompanhando a alta nos preços do petróleo, enquanto o café fechou em queda, em meio a uma previsão de ampla oferta do Brasil.

O açúcar bruto para março fechou em alta de 0,41 centavos de dólar, ou 3,2 por cento, a 13,16 centavos de dólar por libra-peso, maior valor desde 29 de novembro. Nas negociações pós-fechamento, o contrato tocou 13,19 centavos.

O açúcar foi impulsionado pela alta nos preços do petróleo, que subiram por uma perspectiva mais positiva de demanda.

Preços mais altos do petróleo incentivam o uso de mais cana no Brasil para produção de etanol, ao invés de açúcar.

O açúcar também foi ajudado por cobertura de vendidos, disseram operadores.

O açúcar branco para março fechou em alta de 11,30 dólares, ou 3,3 por cento, a 354,80 dólares por tonelada, após tocar uma máxima desde 5 de novembro de 355,80 dólares.

Por Ayenat Mersie e Nigel Hunt

 

 

 


Fonte: Reuters