Clipping

Açúcar fecha em baixa nos mercados doméstico e internacional

Os contratos futuros do açúcar recuaram nas bolsas internacionais, na sexta-feira (21). Em Nova York, o lote com vencimento para julho/19 foi firmado em 12.22 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 21 pontos. Na tela outubro/19 os papéis fecharam em 12.48 centavos de dólar por libra-peso, queda de 20 pontos. Os outros vencimentos desvalorizaram entre 10 e 18 pontos.

Em Londres os contratos para agosto/19 fecharam em US$ 324,60 a tonelada, queda de 7,10 dólares. Os contratos para outubro19 encerraram o dia em US$ 330,80 a tonelada, recuo de 5,80 dólares no comparativo com a véspera. Os demais lotes comercializados caíram entre 1,10 e 5,60 dólares.

-O valor do fechamento do açúcar convertido em reais por tonelada pela taxa de câmbio publicada pelo BC apura R$ 1,073 por tonelada FOB uma queda de mais de 5% em relação ao valor em reais por tonelada da semana anterior. Esses níveis de preço na moeda brasileira afastam as usinas do desejo de fixarem seus açúcares e alimenta fortemente a vontade de rolar suas fixações com vencimento em julho para o mês de outubro aproveitando a taxa de carrego que está próxima de 8.50% ao ano-, analisa o diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Corrêa.

Mercado interno

No mercado interno o açúcar cristal foi comercializado, em São Paulo, na sexta-feira (21) a R$ 61,93, a saca de 50 quilos, queda de 1,82%, de acordo com os índices do Cepea/Esalq, da USP.

 


Fonte: Agência UDOP de Notícias