Clipping

Açúcar: fundos aumentam posição vendida

O mercado futuro do açúcar demerara na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) tende a começar a semana direcionado pelo posicionamento dos fundos de investimento e especuladores, pois os fundamentos permanecem praticamente inalterados. Os contratos podem tentar dar sequência ao movimento recuperação técnica, mas as atenções também estarão voltadas para o fluxo de venda das usinas, que tem se mostrado intenso, sugerindo inclinação baixista.

Na sexta-feira, o vencimento março ganhou 12 pontos (0,91%%) e terminou a 13,36 centavos de dólar por libra-peso. A máxima foi de 13,45 cents (21 pontos). A mínima bateu 13,21 cents (menos 3 pontos).

Relatório da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC, na sigla em inglês) divulgado na sexta-feira mostrou que os fundos de investimento e especuladores aumentaram a posição vendida em açúcar em Nova York, durante a semana encerrada em 23 de janeiro. Estes investidores passaram de uma posição líquida vendida de 109.880 lotes no dia 16 de janeiro para um saldo vendido de 176.759 lotes no dia 23 de janeiro.

Na semana anterior, encerrada no dia 16, os fundos haviam triplicado as posições vendidas, ocasionando uma retirada excessiva de prêmio dos contratos de açúcar, em um ambiente já marcado por tendências de baixa. A oferta global continua confortável com as safras do Hemisfério Norte cada vez mais robustas, apesar do forte direcionamento de cana para o etanol entre as unidades produtivas do Brasil.


Fonte: Estadão Conteúdo