Clipping

Açúcar: preços encerraram a semana em queda no mercado internacional

O açúcar fechou com preços em baixa na semana, na bolsa de Nova York. Na última sexta-feira (20), no vencimento maio/18, a commodity caiu 11 pontos, negociado a 11.64 centavos de dólar por libra-peso. Na tela julho/18, os preços foram firmados em 11.87 centavos de dólar por libra-peso, retração de oito pontos. Os demais contratos caíram entre seis e 14 pontos.

O diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Côrrea, informou em seu comentário semanal sobre o mercado de açúcar que "nesta semana novas previsões de maior safra indiana e tailandesa atingiram o mercado e novas baixas foram vistas em todos os meses de negociação".

"A recuperação nos preços virá, mas dependerá do tamanho da safra de cana no Centro-Sul (já se fala em 570), do mix de produção que deverá surpreender (menos de 40% de açúcar) e da percepção por parte dos produtores que competem com o Brasil de que a este nível de preços os países não conseguem competir", destacou Côrrea em seu artigo.

Na bolsa de Londres, os contratos futuros para agosto/18 fecharam desvalorizados em 80 cents de dólar, negociados em US$ 342,40 a tonelada. No lote outubro/19, os negócios foram firmados em US$ 335,20 a tonelada, baixa de 2,00 dólares. As demais telas caíram entre 1,20 e 2,80 dólares.

 

Mercado interno

No Brasil, os preços do açúcar fecharam em alta na última sexta-feira (20), de acordo com o indicador do Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 55,84, valorização de 0,74% no comparativo entre os dias.


Fonte: Agência UDOP de Notícias