Clipping

Açúcar: preços fecham mistos no mercado futuro em Nova York e Londres

Os preços do açúcar fecharam mistos no mercado externo, ontem (13), acompanhando o cenário macroeconômico mais positivo para as commodities agrícolas em decorrência da queda do dólar, segundo nota divulgada pelo jornal Valor Econômico. "A alta pôs fim a uma série de seis desvalorizações consecutivas no mercado de açúcar, mas a recuperação ainda foi limitada pelas estimativas de superávit na oferta mundial do produto em 2017/18", informaram os analistas do Valor de hoje (14). 

No vencimento março/18, da bolsa de Nova York, os contratos fecharam com alta de oito pontos, negociados a 13.85 centavos de dólar por libra-peso. Na tela maio/18, a valorização foi de um ponto, com contratos fechados em 13.70 centavos de dólar por libra-peso. Os demais negócios fecharam com baixa entre dois e 13 pontos.

Em Londres, no lote março/18, o aumento foi firmado em 2,00 dólares a tonelada, com a commodity comercializada a US$ 363,90 a tonelada. Na tela maio/18, a alta do açúcar foi de 1,00 dólar, com preços firmados em US$ 363,60 a tonelada. Os demais negócios fecharam em queda entre 20 cents de dólar e 1,90 dólar.


Mercado doméstico

Os preços do açúcar no mercado interno subiram 0,10% ontem (13), de acordo com o Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 68,75.


Etanol hidratado

O etanol hidratado, vendido pelas usinas paulistas foi comercializado a R$ 1.813,50 o metro cúbico ontem, alta de 0,36% no comparativo com a véspera.

 

Fonte: Agência Udop de Notícias