Clipping

Açúcar: preços seguem movimento de alta e segue valorizado no mercado externo

Os preços do açúcar começaram a semana em alta na bolsa e Nova York. Ontem (21), o vencimento outubro/17 fechou cotado a 13.52 centavos de dólar por libra-peso, alta de 11 pontos no comparativo com a última sessão.

Na tela março/18, a commodity fechou cotada a 14.26 cts/lb, valorização de nove pontos. Os demais contratos fecharam em alta entre nove e 11 pontos também.

Os preços seguem o movimento de alta, impulsionados pelas chuvas no Brasil e pela demanda indiana. "Apesar dos fundamentos baixistas no mercado, como a previsão de superávit de 4,6 milhões de toneladas na oferta mundial em 2017/18, após um déficit de 3,9 milhões em 2016/17, a análise técnica das cotações sugere que o mercado deve passar por uma alta seguida de forte correção como ocorreu em junho", diz a nota.

Em Londres, o dia também foi de alta nos contratos. O lote outubro/17 fechou negócios em US$ 372,40 a tonelada, aumento de 1,80 dólar. Na tela dezembro/17 houve valorização de 1,40 dólar, com negócios firmados em US$ 375,90 a tonelada. Os demais vencimentos fecharam em alta entre 30 cents e 1,30 dólar.


Mercado doméstico

No Brasil, o preço do açúcar não para de cair, de acordo com o marcador do Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos do tipo cristal fechou negociada a R$ 53,29, queda de 0,06% na comparação com os preços de sexta-feira.


Etanol hidratado

O marcador do etanol hidratado diário também registrou queda nesta segunda-feira (21). O biocombustível foi comercializado a R$ 1.472,50 o metro cúbico, retração de 0,17% comparado com o preço praticado na véspera.


Fonte: UDOP