Clipping

AÇÚCAR/CEPEA: Exportações de açúcar voltam a remunerar mais que o mercado paulista

Postado em 18 de Fevereiro de 2020

Com o açúcar demerara negociado na Bolsa de Nova York (ICE Futures) voltando ao patamar dos 15 centavos de dólar por libra-peso e a taxa de câmbio atingindo altas históricas, os preços do açúcar cristal negociados no mercado spot de São Paulo voltaram a perder vantagem sobre as exportações, após um ano e meio. Segundo cálculos do Cepea, de 10 a 14 fevereiro, enquanto a média semanal do Indicador de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ foi de R$ 77,28/saca de 50 kg, as cotações do contrato nº 11 da ICE Futures com vencimento em Março/20 equivaleriam a R$ 78,62/sc. Assim, as vendas externas remuneraram 1,74% a mais do que as no spot paulista. Esse cenário não era visto desde o final de agosto/18. No mercado doméstico, pesquisas do Cepea apontam que a maioria das usinas voltou as atenções para as altas do mercado internacional, restringindo ainda mais os volumes ofertados no spot. Compradores consultados pelo Cepea, por sua vez, mostraram pouco interesse em negociar grandes quantidades.

 


Fonte: Cepea - Esalq/USP