Clipping

Adama registra lucro líquido de US$ 42 milhões no 3º trimestre

Postado em 5 de Novembro de 2019

A Adama, empresa global de proteção de cultivos, divulgou os resultados financeiros globais referentes ao terceiro trimestre de 2019. Os números mostram um total de US$ 42 milhões de lucro líquido, um aumento de 5% em relação ao mesmo período no ano anterior. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) comparado ao mesmo intervalo cresceu 8% alcançando a marca de US$ 144 milhões.

Com um forte crescimento dos negócios em todo o mundo, a América Latina segue como um dos mercados mais fortes da empresa, chegando a um aumento de 10,1% nas vendas, apesar da seca desafiadora no primeiro semestre, principalmente no Brasil. De acordo com o presidente do Conselho de Administração da ADAMA, Yang Xingqiang, o cenário positivo foi impulsionado pelo portfólio diferenciado de soluções da companhia - especialmente as utilizadas na cultura da soja - e pelos principais produtos lançados recentemente.

No Brasil, a companhia continua em crescimento, impulsionada pelo seu portfólio diferenciado e por lançamentos como CRONNOS, fungicida de tripla ação para a ferrugem da soja, que apresentou um forte desempenho em seu primeiro ano de mercado. Além disso, a companhia trouxe novos inseticidas ao mercado, entre eles, TRIVOR, um produto capaz de controlar o desenvolvimento da mosca branca em todas as fases do seu ciclo de vida.

O executivo global ainda reforça a expectativa de que a ADAMA continue em crescimento em todos os países, inclusive em Jingzhou, na China, onde a companhia retomou as operações, no final de março. "A previsão é que até o final de 2020 a empresa já esteja trabalhando de forma gradual com os melhores custos, padrões ambientais e de segurança no país", conclui Yang.


Fonte: Grupo Cultivar