Clipping

Alagoas é o estado nordestino com maior número de colhedoras

Postado em 8 de Março de 2021

No mundo moderno, onde o processo de automação cresce de forma exponencial em todos os segmentos do agro, o setor canavieiro se tornou um dos principais difusores de novas tecnologias.

Neste sentido, a mecanização avança nos canaviais nos mais diferentes processos, desde o plantio até colheita da cana.

Dados divulgados pela Conab informam ainda que Alagoas é o Estado nordestino com maior número de colhedoras, totalizando 55 máquinas usadas na safra atual. No ciclo passado, de acordo com a estatal, era 66 máquinas existentes no Estado. Em toda a região, são 137 maquinas espalhadas em apenas sete dos nove Estados.

Apesar dos dados estatísticos que colocam Alagoas em destaque no cenário regional, segundo o SindaçúcarAL, o uso de máquinas em toda a região canavieira esbarra em algumas adversidades, a exemplo da topográfica. Neste cenário, as unidades industriais da região norte do Estado, basicamente, ficam impossibilitadas de utilizar as colhedoras, exceto em pequenas áreas em virtude do terreno acidentado.

Apesar dos investimentos das usinas, nenhuma unidade trabalha em sua totalidade com a mecanização da colheita, já que limitações agronômicas impedem que esse percentual seja atingido. Porém, algumas unidades operam com colheita mecanizada em pelo menos 60% da área de produção, planejando chegar de 70 a 80% nos próximos três anos.

A Conab informou ainda que no Centro-Sul do Brasil, beneficiada por relevo, a mecanização já chega a 97,1% da colheita. Diferentemente dessa realidade, no Norte/Nordeste apenas 23,4% da colheita ocorre de forma mecanizada


Fonte: Gazeta de Alagoas