Clipping

Alcoolvale reduz custo com insumo aplicado no filtro de lodo

Postado em 16 de Setembro de 2020

A Alcoolvale busca extrair a maior quantidade de sacarose possível no processamento industrial da cana. Sendo assim, o supervisor de laboratório da empresa, juntamente com a equipe de operadores, realizou um estudo no qual diversos polímeros catiônicos foram testados para serem aplicados no filtro prensa de lodo. 

Os testes e homologações dos produtos e suas formulações foram iniciados no último mês de maio. De acordo com resultados analisados no final de junho, o polímero catiônico escolhido foi o que apresentou a melhor custo e manteve os resultados do processo industrial.

O produto possui propriedades coagulantes, com alto peso molecular e alto grau de hidrólise. Ele proporciona a secagem da torta e reduz as perdas de sacarose, o que favorece o rendimento produtivo. 

Toda a equipe de operadores foi treinada e vem sendo acompanhada para utilização correta do produto. A mistura precisa ser preparada adequadamente para alcançar os resultados pretendidos. Com a preparação correta e o valor do produto escolhido os custos com a utilização do polímero catiônico diminuíram em cerca de 40%, em relação ao processo anterior.

 


Fonte: Alcoolvale