Clipping

Até 15 de abril, 150 unidades sucroenergéticas haviam iniciado a safra 2019/20 no Centro-Sul

Postado em 26 de Abril de 2019

A previsão era de que 176 usinas estivessem em atividade até 15 de abril, mas as chuvas atrapalharam o cumprimento do cronograma previsto

Relatório de andamento da safra 2019/20 divulgado nesta quinta-feira (25) pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) revelou que até 15 de abril apenas 150 empresas tinham efetivamente começado safra no Centro-Sul, contra 174 em 2018. A previsão era de que até esta data, 176 usinas estivessem em atividade.

Segundo o diretor técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues, "a programação de início de moagem na safra 2019/2020 deveria seguir o padrão tradicional observado todos os anos. Mas as chuvas registradas no início de abril dificultaram tanto a colheita nas usinas que estavam em operação quanto o início de moagem em outras unidades, atrapalhando o cumprimento do cronograma previsto". Assim, 64 unidades reprogramaram o início de suas operações para a segunda metade do mês.

Até 15 de abril, aponta o relatório, o volume processado de cana-de-açúcar pelas unidades produtoras da região Centro-Sul do Brasil atingiu 13,86 milhões de toneladas na primeira quinzena de abril, com queda superior a 8 milhões de toneladas (37,99%) em relação à moagem apurada no mesmo período de 2018.

Apesar da queda na moagem, a safra 2019/2020 começou ainda mais alcooleira do que a anterior, com 76,45% da cana-de-açúcar processada na primeira metade de abril direcionada à produção de etanol. No ciclo anterior, este percentual foi de 68,65%.

Com isso, a produção de açúcar somou apenas 339,80 mil toneladas, menos da metade da quantidade fabricada na mesma quinzena de 2018 (712,54 mil toneladas). A produção de etanol, por sua vez, alcançou 736,73 milhões de litros (662,39 milhões de litros de etanol hidratado e 74,34 milhões de litros de etanol anidro).

"Com o retorno das condições climáticas à normalidade, as unidades restabeleceram o ritmo normal de processamento. Nesse momento, a operacionalização da colheita é realizada normalmente no Centro-Sul", explicou Rodrigues.

 


Fonte: CanaOnline