Clipping

Atvos certifica quatro unidades no Renovabio

Postado em 13 de Fevereiro de 2020

A Atvos, entre as maiores produtoras de etanol do país, obteve suas quatro primeiras certificações no Renovabio, para as Unidades Conquista do Pontal, em São Paulo, Rio Claro, em Goiás, e Santa Luzia e Eldorado, ambas no Mato Grosso do Sul. As auditorias consideraram quase 100% da cana produzida por essas unidades e, por isso, a Atvos tem potencial para emitir cerca de 1,3 milhão de CBIOs (créditos de descarbonização) por safra.

"A gestão de emissões de gases de efeito estufa realizada pela Atvos desde 2012, possibilitou alcançarmos uma elegibilidade elevada no processo de certificação para o etanol produzido nas unidades." explica Amaury Pekelman, vice-presidente de relações institucionais e sustentabilidade da Atvos.

O número de CBIOs que pode ser comercializado pelas quatro unidades já certificadas da Atvos representam cerca de 30% do total disponível no RenovaBio.* Outras cinco unidades agroindustriais da Atvos estão em processo de certificação, com a etapa de consulta pública de notas concluída e aguardando validação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Ao produzir etanol e energia a partir da biomassa de cana-de-açúcar, a Atvos contribui com a agenda climática global, pois o uso de seus produtos em substituição aos combustíveis fósseis evita emissões de gases do efeito estufa. Na safra passada de 2018/19, as emissões evitadas pelas quatro unidades certificadas totalizaram o equivalente a 2,9 milhões toneladas de CO2. Todas as unidades da empresa evitaram o lançamento de 5,5 milhões de toneladas de CO2.

Sobre a Atvos

Com mais de 10 mil funcionários e presente em cinco polos produtivos localizados nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, a Atvos atua desde 2007 na produção de etanol, açúcar VHP e energia elétrica a partir da biomassa de cana-de-açúcar. A empresa tem capacidade para produzir 3 bilhões de litros de etanol, 700 mil toneladas de açúcar VHP e 3,1 mil GWh de energia elétrica a partir da biomassa da cana-de-açúcar. Na safra de 2018/2019, a empresa voeu 26,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar que geraram 2,08 bilhões de etanol, 212 mil toneladas de açúcar VHP`e 1,9 mil Gwh de energia exportada. http://www.atvos.com.

*Dados Unica, 07/02/2020.

 


Fonte: Assessoria