Clipping

B11 e Renovabio: as expectativas do setor com a nova Frente Parlamentar do Biodiesel

Postado em 24 de Maio de 2019

Reunido em Brasília nesta quarta-feira (22/05), o setor de biocombustíveis celebrou o lançamento da nova diretoria da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel (FPBio).

Na ocasião, a Ubrabio e as demais entidades representativas do biodiesel subscreveram uma carta ao deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS), presidente da FPBio, bem como ao seu colegiado, com a agenda prioritária a ser defendida durante esta legislatura, dividida em três pontos:

B11 imediato
A adição obrigatória do biodiesel deve continuar avançando, conforme previsto na Lei n° 13.263/2016 e na Resolução nº 16/2018 do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), de forma gradual, aproveitando o potencial produtivo do país, gerando riqueza em todas as regiões brasileiras e melhorando a qualidade do ar que respiramos.

Para isso, é preciso adotar o B11 imediato, isto é, a adição obrigatória de 11% de biodiesel ao diesel fóssil comercializado no país, para que se possa dar continuidade ao cronograma de aumento de 1% ao ano no teor de mistura, alcançando o B15 em 2023, conforme determina o CNPE.

O que diz o setor: https://ubrabio.com.br/2019/05/23/enrevistas-b11-e-renovabio-as-expectativas-do-setor-com-a-nova-frente-parlamentar-do-biodiesel/ 


Fonte: Ubrabio