Clipping

Bacillus aryabhattai melhora mudas pré-brotadas de variedades de cana-de-açúcar

Postado em 19 de Fevereiro de 2021

Cientistas da Embrapa têm pesquisado o potencial de uso de Bacillus aryabhattai, descoberto pelo pesquisador Itamar Melo, em mudas pré-brotadas de cana-de-açúcar inoculadas com o microrganismo, quando submetidas a diferentes regimes de fornecimento de água após transplantio. A pesquisa tem demonstrado que pode haver efeito benéfico do uso do ativo biológico, dependendo da cultivar de cana utilizada.

O pesquisador da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) André May, da equipe do projeto, explica que “ao longo do período experimental foram avaliadas a mortalidade, a altura das plantas, o número de folhas, o diâmetro do colmo e número de perfilhos, além de outras características importantes.”

Ao final da pesquisa, foram medidas também a massa seca da parte aérea e a massa seca de raízes das plantas. Houve efeito do uso do ativo biológico no crescimento da parte aérea, afetando também a massa das plantas, o diâmetro e altura do colmo.

“Observou-se ainda que o desenvolvimento das raízes foi influenciado pelo uso do ativo, dependendo da cultivar e da quantidade de água aplicada no sistema”, destaca o pesquisador, alertando também, por sua vez, que novas pesquisas ainda precisam ser realizadas, pois existe uma grande variação na resposta do ativo, conforme o material genético utilizado.

O estudo completo de André May e Michelli de Souza dos Santos da Embrapa Meio Ambiente; Evandro Henrique Figueiredo Moura da Silva e Nilson Aparecido Vieira Junior da Universidade de São Paulo, Ronaldo da Silva Viana da Universidade Estadual Paulista, Nilza Patrícia Ramos e Itamar Soares de Melo da Embrapa Meio Ambiente, foi publicado na Research, Society and Development, v. 10, n. 2, e11510212337, 2021 (CC BY 4.0), acesso aqui.

Cristina Tordin (MTb 28.499/SP)

 


Fonte: Embrapa Meio Ambiente