Clipping

BASF apresenta as principais tecnologias para o cultivo da cana-de-açúcar no InsectShow

Para manter uma maior longevidade e produtividade dos canaviais, o produtor deve estar atento e fazer um bom planejamento na aquisição de mudas sadias para formação de viveiros de qualidade. Outro manejo importante é o uso correto do controle químico, com destaque para combate ao Sphenophorus levis, conhecido como o bicudo-da-cana, praga que pode causar estragos preocupantes nos canaviais.

A maior incidência do bicudo-da-cana ocorre em regiões com clima mais seco e temperatura amena. É nesse momento que o produtor precisa redobrar os cuidados nos canaviais. As larvas do inseto danificam, principalmente, os tecidos da cana, provocando perdas de mais de 30 toneladas de cana por hectare ao ano. Em alguns casos, devido à alta infestação doSphenophorus e a um manejo inadequado, os danos provocados pela praga exigem que o agricultor renove precocemente o canavial, que muitas vezes não passa do segundo corte.

Neste sentido, a BASF, indústria química líder em inovação, apresentará durante o 13º InsectShow, seu portfolio completo para o cultivo da cana-de-açúcar. A feira, realizada pelo grupo IDEA, ocorrerá nos dias 19 e 20 de julho, em Ribeirão Preto (SP), e tem o objetivo de atualizar os procedimentos para o controle fitossanitário de pragas nos canaviais.

“O produtor deve atuar de forma mais preventiva e investir no manejo integrado de pragas. Nesse contexto, apresentaremos durante o evento nossas principais soluções para o cultivo, como o RegentDuo, um inseticida que apresenta alta eficácia para o manejo do bicudo-da-cana, podendo ser utilizado tanto em plantios novos, quanto em cana soca” comenta Leandro Pessente, gerente de Marketing de Cana-de-açúcar da BASF.

Na ocasião, os visitantes também poderão conhecer o Nomolt 150, um inseticida altamente seletivo, eficiente contra broca da cana de açúcar, com efeito prolongado de controle. Além disso, a BASF apresentará o fungicida Opera, eficiente no controle da ferrugem alaranjada e outras importantes doenças do cultivo. A solução também promove efeitos fisiológicos positivos que incrementam o rendimento do cultivo, como aumento do teor de açúcar e maior vigor nas plantas.

O evento contará com discussões dos principais temas do setor sucroenergético. No primeiro dia do InsectShow, o gerente de Marketing e Inseticidas da BASF para a América Latina, Alexandre Porto, e o engenheiro agrônomo de Desenvolvimento de Mercado para Cana-de-Açúcar da BASF, Daniel Medeiros, farão uma apresentação abordando o investimento da empresa no desenvolvimento de inovações em moléculas e formulações para culturas alvo ao redor do mundo.

Sobre o 13º INSECTSHOW
Data: 19 a 20 de julho
Local: Centro de eventos do Ribeirão Shopping
Endereço: Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, Jardim Nova Aliança
Mais informaçõeshttp://www.ideaonline.com.br/evento-sobre/13-insectshow


Fonte: Grupo Cultivar