Clipping

Bayer apresenta Provence Total durante a Herbishow 2019

Postado em 21 de Maio de 2019
  • Herbicida é a mais nova tecnologia da empresa contra a matocompetição
  • Produto apresenta amplo espectro de controle e residual prolongado

Entre os dias 22 e 23 de maio acontece em Ribeirão Preto (SP) a 18ª edição da Herbishow – seminário sobre controle de plantas daninhas na cana, sendo esta uma excelente oportunidade para ouvir especialistas do setor falando sobre as mais novas tecnologias voltadas ao manejo da matocompetição na cana-de-açúcar.

Paulo Donadoni, gerente de Marketing Estratégico para cana-de-açúcar da Bayer, será um dos palestrantes e abordará A evolução no combate às plantas daninhas no período seco da safra. “A Bayer acabou de disponibilizar ao mercado o herbicida Provence Total, trata-se de um produto com amplo espectro para o controle das plantas indesejáveis e que possui longo residual Menos repasses no canavial significa custo benefício ao canavicultor. Pois, na fase seca da safra, muitas variáveis contribuem para a evolução das daninhas até o fechamento do canavial e isso ocasiona competição de nutrientes com a cultura foco, no caso, a cana-de-açúcar”, completa.

Além de especialistas e técnicos do setor, produtores e proprietários de usinas do Centro-Sul e Nordeste brasileiro estarão presentes no evento. Provence Total é uma união dos principais produtos da companhia para o cultivo – Alion® (Indaziflam) e Provence® (Isoxaflutole) –, próprio para aplicações em áreas de soca do tipo seca, semisseca e semi-úmida. “É uma ótima oportunidade de falarmos para produtores de diferentes regiões o quanto a Bayer está engajada em oferecer soluções para os diversos problemas que o produtor canavieiro enfrenta no dia a dia”, complementa Donadoni.

A utilização desta tecnologia aliada ao manejo correto e às boas práticas agrícolas se torna uma ferramenta estratégica para o produtor de cana produzir mais e melhor. O novo herbicida vem ao encontro de sua necessidade, pois controlando as plantas que competem por água, espaço e luz com a principal cultura, ele poderá ter uma produção maior por hectare, com custo otimizado e maior qualidade do produto final.

 

 


Fonte: Assessoria de Comunicação Bayer