Clipping

Biosev conta com tecnologia de ponta para acompanhar as operações em tempo real

Postado em 2 de Março de 2020

Por meio de um moderno sistema de telemetria, as unidades da Biosev – uma das líderes do setor sucroenergético, possui 8 unidades agroindustriais em operação nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais – conseguem, em tempo real, saber a exata localização de cada máquina agrícola, seja ela um trator, um transbordo, uma colhedora e, até mesmo, um rodotrem.

Para o diretor agrícola da companhia, essa tecnologia eleva o grau de rastreabilidade e confiabilidade das operações. “Como temos muito ativo biológico, em centenas de locais distintos, sendo colhido em turnos diferentes, é vital que tenhamos uma ferramenta que nos forneça dados precisos para que seja possível acompanhar a operação em tempo real, mesmo estando a quilômetros de distância”, explica Carlos Daniel Berro Filho, diretor Agrícola da Biosev.

A empresa conta com o Biosev FORMs uma plataforma digital que transforma o papel em tecnologia. Ela reduz o uso de formulários impressos, diminui erros e agiliza a transmissão das informações. Atualmente, o software já conta com 49 formulários disponíveis, onde as equipes podem criar apontamentos georreferenciados diretamente do campo e transmiti-los instantemente para as centrais de controle.

“Antigamente, um determinado colaborador rodava os canaviais da usina o dia todo. Ao retornar para o escritório no final do expediente, apontava manualmente no mapa onde existia, por exemplo, uma infestação de pragas ou de plantas daninhas. O problema era a confiabilidade dessa informação, pois, devido ao tamanho das áreas, ficava difícil lembrar exatamente o local de cada adversidade”, relata Berro Filho.

De acordo com ele, com o Biosev FORMs, não há mais esse tipo de problema. “Hoje, quando o colaborador encontrar uma reboleira de planta daninha, basta tirar uma foto com o celular ou tablet. A imagem chegará no mesmo momento aos olhos dos gestores responsáveis. Dessa forma, a gestão do canavial melhora significativamente.”

 


Fonte: CanaOnline