Clipping

Biosev reduz emissões de gases de efeito estufa

Postado em 5 de Janeiro de 2021

A Biosev divulgou os índices de seu mais recente inventário de Emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE). Na safra 19/20, a companhia reduziu em 2,5% as emissões totais (escopos 1, 2 e 3)¹ de GEE por tonelada processada de cana-de-açúcar, graças à diminuição do consumo de diesel em virtude de maior eficiência operacional, à redução da compra de insumos atrelada a melhorias logísticas, e ao uso do modal ferroviário para o transporte dos produtos.

Do total, 86,6% das emissões foram de origem biogênica, ou seja, provenientes de fontes renováveis, a exemplo da fermentação do caldo da cana-de-açúcar nas dornas produtivas de etanol e da queima do bagaço nas caldeiras para cogeração de energia. Estão associadas a uma dinâmica de neutralidade (porque o CO2 é retirado da atmosfera durante o ciclo de vida do canavial, e depois devolvido via queima ou fermentação) e possuem menor impacto para as mudanças climáticas em comparação com as emissões de origem não biogênica, como as decorrentes da queima de combustíveis fósseis. Em relação às emissões de origem não biogênica, a redução foi ainda maior, diminuindo em 3,7% o índice de toneladas CO2e/tc².

"Para trabalharmos de maneira mais sustentável, precisamos estudar e entender a fundo o contexto global das mudanças climáticas. Nesse trabalho, o primeiro passo é medição e gestão de emissões de GEE. Trabalhando no gerenciamento e controle das emissões é possível aumentar a ecoeficiência das operações e reduzir impactos socioambientais, ao mesmo tempo potencializando ganhos financeiros. A produção do inventário permite à companhia entender seus processos, melhorar a eficiência energética, otimizar a logística, ampliar a reciclagem e reduzir os desperdícios, estando todos esses fatores alinhados às Diretrizes de Sustentabilidade traçadas para o longo prazo", afirma Juan José Blanchard, presidente da Biosev.

A Biosev faz o inventário de emissões de GEE desde o ano safra 2011/2012, medindo as emissões e fazendo a gestão estratégica dos dados para a redução de GEE. O inventário é elaborado com apoio de uma empresa especializada no tema e segue a metodologia do GHG Protocol e a Norma ABNT NBR ISSO 14064-1. Com oito unidades agroindustriais distribuídas em três estados brasileiros - São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul -, a Biosev é responsável pela geração de mais de 10 mil empregos diretos e 30 mil indiretos no Brasil.


Fonte: Datagro