Clipping

BNDES: investimentos em etanol retornam e biogás tem potencial enorme

Postado em 30 de Outubro de 2019

Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o setor sucroenergético cresceram 7% em setembro de 2019 ante igual mês do ano passado, puxados principalmente pelos investimentos voltados à produção e estocagem de etanol em usinas já consolidadas. No entanto, segundo o chefe do Departamento do Complexo Agroalimentar e Biocombustíveis do BNDES, Mauro Mattoso, o maior potencial do setor é o do biometano.

O gás é gerado em algumas unidades desse setor e pode ser utilizado tanto na geração de energia, em veículos e na rede de abastecimento. Segundo dados apresentados por Mattoso na 19ª Conferência Internacional Datagro Sobre Açúcar e Etanol, em São Paulo (SP), o setor sucroenergético tem um potencial de gerar 56 milhões de metros cúbicos por dia de biometano.

Esse volume corresponde a 10.565 MW, ou 75% da capacidade da usina de Itaipu. O potencial de geração poderia também substituir 52 milhões de litros de diesel, ou 50% do consumo de diesel do setor agropecuário. “O potencial é enorme”, afirmou Mattoso.

 


Fonte: Broadcast