Clipping

Bons resultados com a rotação soja e cana faz o método já ser tradição na Usina Guaíra

Os ganhos do cultivo de soja pelo setor sucroenergético será debatido no 21º Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-Açúcar

Quem tem conseguido bons números com a soja é a Usina Açucareira Guaíra. Anualmente, a empresa, com sede no município paulista de Guaíra, planta 2 mil hectares de soja em áreas de renovação. A produtividade gira na casa das 60 sacas/ha e a produção é de cerca de 140 mil sacas de por ano.

A expertise da empresa com a soja remonta há décadas. Ocorre que a região em que está localizada é propícia ao cultivo. Conta com estrutura de recebimento próxima, além de mão de obra disponível, o que facilita o plantio e a colheita.

Em momentos difíceis como os vividos atualmente, a rotação de culturas - ou sucessão, como é chamada na usina - só proporciona benefícios. A empresa enxerga a cultura da soja como extremamente lucrativa, pois entra dinheiro num período em que estaria na entressafra.

O aumento na renda não é o único motivo que leva a Usina Açucareira Guaíra a plantar dois mil hectares de soja anualmente, a redução nas infestações de plantas daninhas e pragas também pesa na decisão. O fato de a soja ser transgênica e resistente ao glifosato, é possível realizar de uma a duas aplicações desse ativo, reduzindo o número de “tigueras” remanescentes de cana e plantas daninhas de difícil controle.

Visando constantemente melhorar a qualidade e produtividade da cultura, a empresa adotou, há alguns anos, a modalidade de plantio direto sobre a palhada da cana. Processo que, segundo os profissionais da Guaíra, não é só melhor, “é muito melhor”. Uma das vantagens dessa técnica é a diminuição da possibilidade de erosão, em função de não mais haver revolvimento da terra no preparo do solo. Outro ponto positivo é que, nesta modalidade, quase todas as operações são reduzidas, o que diminui o custo de preparo de solo em, pelo menos, 30%.

Para saber mais sobre a rotação de soja com cana-de-açúcar, basta participar do no 21º Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-Açúcar, que o Grupo IDEA realizará nos dias 27 e 28 de março de 2019, no Centro de Eventos do Taiwan, em Ribeirão Preto, SP. As inscrições já estão abertas no site: www.ideaonline.com.br.

 

Serviço:

21º Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-Açúcar

Data: 27 e 28 de Março de 2019
Local: Centro Taiwan de Eventos – Ribeirão Preto - SP
Mais informações: 16 3211 4770
E-mail: eventos@ideaonline.com.br

www.ideaonline.com.br