Clipping

Brasil será maior produtor de biodiesel do mundo

O Brasil está caminhando para se tornar o maior produtor de biodiesel do mundo, à frente dos Estados Unidos. Isso porque o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) deu sinal verde para o aumento da mistura do biodiesel ao diesel de petróleo. A proposta estabelece que a adição de biodiesel cresça um ponto percentual ao ano, passando do atual patamar de 10% para 11% em junho de 2019. O processo continua sucessivamente e a ampliação será realizada até março de 2023, quando o número chegará a 15%. De acordo com o CNPE, a estimativa é que a produção do biodiesel brasileira passe de 5,4 bilhões de litros anuais para mais de 10 bilhões de litros entre 2018 e 2023. Isso representa um aumento de 85% da demanda doméstica. "É uma grande oportunidade para toda a cadeia de produção, como empresas de transporte, termelétricas e o pessoal do agronegócio", diz Federico Sakson, responsável pela divisão de negócios de biodiesel da fabricante Camlin Fine Sciences.

Ouvidoria na energia solar

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica lançou serviço para denunciar as distribuidoras de energia que descumprem as regras e dificultam o acesso do consumidor à geração distribuída. A entidade criou uma ouvidoria on-line para que as empresas do setor possam relatar os problemas encontrados nas concessionárias. Entre as queixas mais frequentes estão atrasos na vistoria e homologação do sistema instalado e cobrança de valores excessivos nas obras para conexão à rede. 

"Um líder deve ter maior resistência e capacidade de aceitar e abraçar e fracasso" - Jack Ma, fundador do Alibaba e homem mais rico da China.

Amauri Segalla - Mercado S/A

 

 


Fonte: Estado de Minas - retirado da Agência Udop de Notícias