Clipping

Centro-Sul processa 574,05 mil t na 1ª quinzena de fevereiro, diz Unica

As usinas e destilarias do Centro-Sul do Brasil processaram apenas 574,05 mil toneladas de cana-de-açúcar na primeira metade de fevereiro da safra 2017/2018. O volume é 37,04% menor que o total de 912 mil toneladas moídas em igual período da safra passada. Segundo dados apresentados nesta sexta-feira, 23, pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), no acumulado da safra (1º de abril até 16 de fevereiro), o processamento foi de 584,55 milhões de toneladas, queda de 1,71% sobre igual período da safra 2016/2017, quando foram processadas 594,73 milhões de toneladas de cana.

Com apenas 8,38% da oferta total de cana destinada ao açúcar e 91,62% ao etanol, a produção do adoçante atingiu 5 mil de toneladas primeira quinzena de fevereiro, baixa de 49,40% sobre igual período de 2016, e acumula 35,84 milhões de toneladas na safra, aumento de 1,62% ante 2016/2017.

A fabricação do biocombustível somou 70 milhões de litros na primeira quinzena de fevereiro, alta de 8,4% ante igual período da safra passada de 64 milhões de litros. Desse total fabricado na quinzena, 34,80 milhões de litros referem-se ao etanol de milho.

Foram produzidos 139 milhões de litros de hidratado, alta de 69,66%. Parte desse etanol foi reprocessado, pois originalmente seria do tipo anidro. Esta estratégia de reidratação no biocombustível gerou um déficit de 69 milhões de litros no etanol anidro, ante déficit de 17 milhões de litros no mesmo período de 2016.

O diretor Técnico da Unica, Antonio de Pádua Rodrigues, informa em comunicado que “os valores divulgados incorporam o reprocesso de cerca de 87 milhões de litros de etanol anidro, que foram convertidos em hidratado. Esse movimento era esperado, pois o estoque de etanol anidro está acima do volume necessário para o atendimento da demanda e dos estoques obrigatórios no final da entressafra”.

Segundo a Unica, no dia 16 de fevereiro, 7 unidades estavam processando cana no Centro-Sul. 

No acumulado da safra 2017/2018, 25,402 bilhões de litros de etanol foram produzidos, alta de 1,24% sobre igual período do ano passado. Do volume total de etanol fabricado até o dia 16 de fevereiro, 14,86 bilhões de litros foram de hidratado, alta de 2,23%, e 10,54 bilhões de litros de anidro, queda de 0,13% ante o mesmo período da safra passada.

O teor de sacarose na cana, medido na quantidade de Açúcar Total Recuperável por tonelada processada (ATR/t), foi de 100,87 kg na primeira quinzena de fevereiro, 6,12 superior ao de igual período da safra passada. No acumulado da safra, o teor de sacarose está em 137,26 kg de ATR/t, alta de 2,65% sobre 2016/2017.


Fonte: Estadão Conteúdo