Clipping

Chuva deve passar dos 100 mm em áreas do Centro-Oeste nos próximos dias

Postado em 25 de Fevereiro de 2021

De acordo com meteorologista da Somar, os próximos dez dias serão de dificuldades para a colheita na região central do Brasil

Apesar do tempo firme que segue favorecendo a colheita na região central do Brasil, a previsão do tempo indica que as chuvas devem ganhar mais força a partir desta semana. Segundo Desiree Brandt, da Somar Meteorologia, as nuvens carregadas que estão sobre Mato Grosso e Goiás devem aumentar os acumulados em diversas regiões. De acordo com ela, os próximos dez dias serão de dificuldades para a colheita na região central do Brasil.

“Até o dia 1º de março, a tendência é de acumulados acima de 100 mm para o norte de Goiás e norte de Mato Grosso, o que deve trazer dificuldades para a colheita, mas sem paralisar as atividades. As áreas do Matopiba também devem receber grandes volumes, principalmente no Tocantins, sul do Maranhão e sul do Piauí, com mais de 130 mm nos próximos cinco dias”, ressalta Desiree.

Para a região Sul, a previsão do tempo indica redução das chuvas, com a frente fria se movendo em direção ao Sudeste. Com isso, as precipitações devem ganhar força no leste do Paraná e leste de São Paulo. “O clima chuvoso deve chegar a 100 mm no porto de Paranaguá e no porto de Santos, o que pode prejudicar as atividades do local”, destaca a meteorologista

Entre 2 e 6 de março, um corredor de umidade deve atuar sobre grande parte do Brasil, mas os acumulados serão menos expressivos em relação aos observados nesta semana. As temperaturas devem ficar mais amenas em São Paulo, sul de Minas Gerais e Goiás.

De 7 a 11 de março, a chuva perde intensidade e continua concentrada na faixa que vai da costa do Sudeste até a região Norte.

 


Fonte: Canal Rural