Clipping

Claro e John Deere democratizam conectividade no campo

Postado em 17 de Dezembro de 2020

A Claro e a John Deere anunciam colaboração para levar efetivamente a agricultura 5.0 ao campo brasileiro, a partir de modelo inédito no qual o produtor não precisa fazer investimentos próprios em infraestrutura de telecomunicações. Estes investimentos serão feitos pela Claro, por meio da instalação de novas antenas em áreas rurais brasileiras.

Esta solução, chamada Campo Conectado, permite a geração, o cruzamento e o tratamento de dados por meio de análise em tempo real (analytics), autoaprendizado das máquinas (machine learning) e da inteligência artificial para a tomada de decisões em tempo real. Com a cobertura no campo, as operações ficam mais inteligentes, aumentando a eficiência, melhorando a competitividade e a sustentabilidade da produção, além de abrir portas para outros usos, como telemedicina e educação à distância. "Para a agricultura brasileira, isso é um divisor de águas. Em tempos complexos como o que vivemos hoje, destravar o progresso no campo por meio da tecnologia é fundamental para promover a reativação econômica de que o país precisa", diz Paulo Herrmann, presidente da John Deere Brasil.

"A conectividade é um dos principais desafios no interior do Brasil e nós estamos assumindo o compromisso de impulsionar a cobertura do sinal no campo, o que significa um aumento de alcance para mais 15 milhões de hectares produtivos em áreas rurais", diz José Felix, presidente da Claro. Hoje em dia, a operadora já tem mais de 85 milhões de hectares cobertos no território nacional.

Com um portfólio completo de máquinas aptas à conexão, somado à capilaridade da sua rede de concessionários com mais de 270 pontos de atendimento, a John Deere consolida o alcance destas soluções a todos os produtores rurais brasileiros. Os clientes poderão adquirir, pela rede de concessionários John Deere, máquinas agrícolas com tecnologia embarcada para acesso à internet, potencializando todos os benefícios do ecossistema de agricultura de precisão e gerenciamento de dados em tempo real disponíveis em seus equipamentos. Vale ressaltar que a John Deere já conta com 20 mil máquinas em campo aptas para serem conectadas. Para as máquinas que necessitam de modem, a John Deere oferece um novo kit de conexão.

Internet das Coisas

A Claro, pelo seu portfólio Claro Smart Agro, também levará aos produtores rurais soluções de Agricultura Digital e Silos Conectados. Nessas soluções, dados relevantes como umidade do solo e do ar, temperatura, índices de NDVI (Normalized Difference Vegetation Index - que fornecem informações sobre a saúde da vegetação, evapotranspiração das plantas) e informações meteorológicas são coletados por meio de sensores conectados à rede celular. Esses dados são tratados com o uso de análise de dados e fornecem informações importantes para o gerenciamento das atividades agrícolas, possibilitando o diagnóstico para medidas corretas sobre irrigação, pulverização e até para controle e manutenção da qualidade do grão armazenado.

O Campo Conectado tem um padrão de conectividade desenvolvido para permitir maior expansão de sinal por antena. Os dados trafegam de forma otimizada, possibilitando o amplo alcance de sinal, com maior largura de banda, menor latência (tempo necessário para que um pacote de dados passe de um ponto para o outro) e economia de energia.

Com o Campo Conectado e o gerenciamento das propriedades em tempo real, são previstos menores gastos em sementes, utilização mais racional de fertilizantes e defensivos agrícolas, diminuição de uso de combustível fóssil, redução de perdas agrícolas e aumento da rastreabilidade na cadeia alimentar. Em outras palavras, a conectividade traz mais produtividade ao campo, maior segurança alimentar, um controle mais rígido da produção e redução de emissão de gases de efeito estufa.

A operacionalização e aplicação dos serviços será feito pela Rede de Concessionários John Deere em colaboração com a empresa SOL Intermediação de Negócios e Gestão de Ativos. "Nosso papel é apoiar a Rede de Concessionários John Deere no entendimento das necessidades dos clientes e apresentar a eles as soluções mais adequadas dentro do portfólio de conectividade oferecido pela Claro, a fim de melhorar a produtividade", destaca Rodrigo Oliveira, CEO da Sol.


Fonte: Assessoria - retirado do Portal Notícias Agrícolas