Clipping

CNA participa de audiência pública sobre situação de armazéns da Conab

Postado em 27 de Junho de 2019

A CNA participou de audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEIC) da Câmara dos Deputados, na quarta (26), para debater a possível privatização de armazéns e centros de distribuição da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A Coordenadora de Assuntos Estratégicos da Confederação, Elisangela Pereira Lopes, apresentou um panorama sobre o aumento da produção associado ao déficit de armazenagem, que chega a 69,9 milhões de toneladas.

Durante a apresentação, a coordenadora indicou algumas sugestões da CNA para melhorar a eficiência da Conab, como a otimização da capacidade instalada, ampliação da capacidade de armazenamento, abertura de capital para condomínios de produtores, manutenção do Programa de Vendas em Balcão e implementação de políticas de prêmio frete e leilões, ou seja, autorizar a Conab atuar na aquisição e distribuição de insumos em regiões isoladas e de mercado restrito.

Atualmente a companhia possui 92 unidades e armazena 2,2 milhões de toneladas, o que representa apenas 1,5% da capacidade estática do Brasil, destacou Elisangela.

Segundo dados da própria companhia, 27 unidades da rede poderão ser desmobilizadas, o que reduziria os custos operacionais em R$ 6,2 milhões. “Estamos tirando gordura para fortalecer a musculatura da Conab, que hoje está com a estrutura sucateada. Para atender mais e melhor e dar continuidade na empresa”, afirmou Newton Araújo, diretor-presidente da Conab.

O debate também contou com as exposições do diretor do Departamento de Comercialização e Abastecimento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Silvio Farnese, e do diretor Social e de Comunicação da Associação Nacional dos Empregados da Conab, Aeldo Protázio.

 


Fonte: CNA