Clipping

Colheita da cana de açúcar avança no campo

A presença do ar seco e frio sobre grande parte da região centro-sul do Brasil impede a formação de nuvens de chuva em praticamente todo o Brasil, com exceção apenas da faixa litorânea do Nordeste onde há previsão de pancadas de chuva.

O tempo ajuda e os produtores que estão em pleno processo de colheita, como é o caso dos produtores de milho 2ª safra, algodão, café e cana-de-açúcar avançam com os trabalhos dentro do campo.

Para os produtores de trigo e demais cultura de inverno o tempo seco tem causado muita apreensão, já que os níveis de umidade do solo têm caindo muito nas últimas semanas, ocasionando em algumas propriedades um acentuado déficit hídrico. Além disso, muitas as áreas foram prejudicas pelas geadas da semana passada o que poderá comprometer a produção nacional de trigo neste ano no Brasil. As chuvas devem retornar as áreas produtoras de trigo do Paraná e, até mesmo, do sul do Mato Grosso do Sul na segunda semana de agosto.
Não há nenhuma previsão de mudança neste padrão meteorológico ao longo dos próximos dias. No dia 01/08, uma frente fria que estará avançando pode provocar chuva generalizada sobre os estados do Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina. Já no Paraná, o tempo seguirá firme e sem previsão de chuva.

Temperatura
Com relação às temperaturas, a massa de ar de origem polar manterá as temperaturas mínimas um pouco mais baixas na madrugada, mas não há nenhum risco de ocorrência de geadas ou qualquer outro tipo de dano a nenhuma cultura. Em alguns casos a temperatura mais amena tem proporcionado uma condição mais favorável à maturação dos grãos, como no caso do café e uma maior concentração de açúcar pela cana.

Além disso, as chuvas que vem ocorrendo na faixa leste do Nordeste esse ano, tem proporcionado uma condição bastante favorável ao desenvolvimento das lavouras, sejam elas de cana-de-açúcar e/ou grãos. E como há previsão de mais chuvas para os próximos dias, as condições se manterão favoráveis.


Fonte: Climatempo