Clipping

Colheita da cana é afetada pela chuva

Nesta sexta-feira , por conta de uma frente fria que avança pelo Rio Grande do Sul, a previsão é de que o tempo fique com muita nebulosidade e chuvoso em grande parte da Região, incluindo o sul do Mato Grosso do Sul e algumas áreas do Sudeste.

Algumas pancadas de chuva podem ocorrer no extremo sul de Goiás e em partes de Minas Gerais. Já no Mato Grosso, Rondônia, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, a sexta-feira será de tempo aberto e sem previsão de chuva generalizada. Apenas há possibilidade de que ocorra algumas pancadas de chuva isolada entre o final da tarde e começo de noite.

Com isso, a colheita do trigo pode se prejudicar ao longo dos próximos dois a três dias, assim como o plantio do arroz, milho e da soja em todas as áreas produtoras da Região Sul. No Sudeste a colheita da cana-de-açúcar será prejudicada, afetando também a concentração de ATR.

No Mato Grosso, Goiás, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, a ausência de chuva regular durante esses dias, pode levar alguns produtores a paralisarem o plantio da soja, uma vez que os níveis de umidade do solo têm caído muito ao longo da semana em muitas propriedades.

Tendência para as lavouras

Com o avanço da frente fria pela Região Sudeste ao longo deste final de semana, a tendência é que novas pancadas de chuva generalizada ocorram em boa parte das áreas produtoras do Centro-Oeste, Sudeste, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, entre o domingo (28) e a próxima terça-feira (30). Com isso, as condições voltam a ficar bastante favoráveis, tanto a continuidade e finalização do plantio da soja, quanto ao desenvolvimento das lavouras.

Ao longo da próxima semana, novas pancadas de chuva irão ocorrer, uma vez que há previsão de que novos sistemas passem pelo Brasil e organizem mais áreas de instabilidade, ocasionando pancadas de chuva em grande parte do Brasil. Assim, será possibilitado que os níveis de umidade do solo se mantenham adequados a continuidade do plantio e, sobretudo, ao desenvolvimento das lavouras.

Entretanto, com a possibilidade de novas ocorrências de chuva, os trabalhos de colheita do trigo e da cana-de-açúcar podem sofrer paralisações e até mesmo perdas pontuais na qualidade. Além dessas culturas, o plantio do arroz também estará sendo prejudicado no Rio Grande do Sul.

Por Marco Antônio Santos


Fonte: Climatempo