Clipping

Com agricultura de precisão, usina dobra área sem aumentar frota de tratores

A Usina São Manoel, do município de São Manuel (SP), dobrou a área de cultivo de cana nos últimos dez anos sem aumentar a frota de tratores, por meio da adoção de técnicas de agricultura de precisão. Também passou a economizar R$ 1 milhão por safra com menor uso de agroquímicos.

Em palestra no Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão (ConBAP 2018), o supervisor agrícola da São Manoel, Guilherme Guiné Pinto Ferreira, disse que a economia foi possível por meio do aprimoramento do controle da vazão nas aplicações de defensivos (nas máquinas), que permitiu reduzir em 1% o volume de insumos aplicados. O ConBAP está sendo realizado em Curitiba (PR) até esta quinta-feira, 4.

Atualmente, a usina processa 4,1 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano, segundo informações de Ferreira divulgadas em nota do ConBAP.

O supervisor da São Manoel explicou que o número de máquinas foi mantido na última década, mas a usina tomou medidas para elevar a eficiência na operação dos equipamentos. Alguns tratores também foram trocados por outros de modelos mais adequados ao tipo de trabalho realizado.

Além disso, a São Manoel passou a usar mecanismos de controle para monitorar as operações 24 horas por dia, entre outras práticas de agricultura de precisão, de acordo com Ferreira. Antes de iniciar a inserção destas ferramentas, a empresa cogitava dobrar a frota de tratores.


Fonte: Estadão Conteúdo