Clipping

Contratos futuros do açúcar fecham no vermelho dentro e fora do País

Os contratos futuros do açúcar fecharam a sessão de ontem (24) com desvalorização em todas as telas das bolsas de Nova York e Londres. No mercado doméstico o açúcar cristal também fechou em baixa de 1,65%, segundo índices do Cepea/Esalq, com negócios firmados em R$ 56,57 a saca de 50 quilos do tipo cristal.

Em Nova York houve desvalorização em todos os contratos. Na tela de março/18, o açúcar demerara fechou em 13.16 centavos de dólar por libra-peso, queda de três pontos no comparativo com a véspera. Os demais vencimentos caíram entre cinco e sete pontos.

Nem mesmo o balanço de safra divulgado ontem pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) deu sustentação aos preços. Segundo o relatório, a moagem de cana na principal região produtora do Brasil, o Centro-Sul, continua cerca de 10 milhões de toneladas abaixo da safra passada, refletindo na produção de açúcar e de etanol.

Na bolsa de Londres, o açúcar branco também fechou em queda em todos os vencimentos. No lote março/18, a desvalorização foi de 1 dólar, com negócios firmados em US$ 351,00 a tonelada. Para os outros vencimentos, a desvalorização oscilou entre 1,20 e 1,80 dólar.

Etanol diário

O etanol hidratado também fechou no vermelho segundo os índices da Esalq/BVMF desta quarta-feira. O metro cúbico do biocombustível foi comercializado ontem a R$ 1.902,00, baixa de 0,16% no comparativo com a véspera.

Por Rogério Mian

 
 

Fonte: Agência Udop de Notícias