Clipping

Copersucar amplia controle de qualidade com novos amostradores de produtos

Todos os testes com os materiais coletados são realizados no próprio armazém e levam cerca de dez minutos. Estima-se que o ganho de eficiência com o novo sistema é de cerca de 15% a 20%, o que aumenta a eficiência da descarga e reforça a qualidade do que é embarcado

A Copersucar deu mais um importante passo na garantia de qualidade dos produtos comercializados, com o início das operações do segundo amostrador automático de açúcar no Terminal Açucareiro da Companhia, no Porto de Santos, destinado a coletar amostras para análises de qualidade na recepção dos produtos destinados à exportação. O novo equipamento amplia a confiabilidade e a representatividade da amostra, bem como a precisão dos resultados da análise.

Ainda no Terminal Açucareiro Copersucar (TAC), outros dois amostradores estão em funcionamento, destinados às cargas de grãos. No interior, os dois terminais intermodais localizados em Ribeirão Preto e São José do Rio Preto também contam com coletores automáticos de amostras nos mesmos padrões do terminal de Santos, o que reforça o sistema de controle de qualidade tanto na expedição do açúcar para o porto quanto na sua recepção no terminal marítimo.

Composto por três hastes que penetram a carga em diferentes pontos simultaneamente, alcançando o fundo da caçamba, o equipamento coleta o produto por sucção, e o submete a uma análise imediata, detectando com mais rapidez eventuais problemas de qualidade. “Se a carga estiver dentro dos parâmetros exigidos, o veículo é liberado para descarga, caso contrário, o produto pode ser encaminhado ainda para uma avaliação laboratorial e, de acordo com o resultado, a carga pode até ser devolvida ao local de origem", explica o gerente executivo de Terminais da Copersucar, Rodrigo Lima.

Todos os testes com os materiais coletados são realizados no próprio armazém e levam cerca de dez minutos. Estima-se que o ganho de eficiência com o novo sistema é de cerca de 15% a 20%, o que aumenta a eficiência da descarga e reforça a qualidade do que é embarcado. Com a instalação dos amostradores, houve também um importante ganho em segurança, já que os colaboradores não precisam coletar amostras manualmente.

O projeto do novo amostrador automático levou mais de um ano e meio de desenvolvimento, em um processo colaborativo entre a Copersucar e o fornecedor, para a adoção de melhorias. “Ajudamos a desenvolver um sistema de filtragem que melhorou a sucção da amostra e sugerimos a adoção de três hastes, em vez de uma”, relata Rodrigo Lima. 
O Terminal Açucareiro Copersucar realiza operações de recepção e embarque 24 horas por dia, com capacidade para receber 8,5 milhões de toneladas de produtos por ano/safra.

Sobre a Copersucar
A Copersucar é líder global na comercialização de açúcar e etanol. Seu modelo de negócio, considerado único, combina a oferta em larga escala de produtos de alta qualidade com um sistema integrado de logística, transporte, armazenamento e comercialização, no Brasil e no mercado internacional. Mais informações em: http://www.copersucar.com.br. 

Por Milton Pace Jr.


Fonte: Verdelho Associados