Clipping

Copersucar estima moagem de 575 mi a 585 mi de t de Cana no Centro-Sul em 2019/20

Postado em 31 de Maio de 2019

 A Copersucar estima uma moagem de cana-de-açúcar entre 575 milhões e 585 milhões de toneladas no Centro-Sul do Brasil em 2019/2020, ante 573 milhões de toneladas em 2018/2019. A produtividade nas lavouras da região deve ser melhor e sair de 73,3 toneladas por hectare (t/ha) para entre 74,5 t/ha e 75,5 t/ha entre as safras.

O Açúcar Total Recuperável (ATR) no processamento da cana deve ficar entre 136 quilos por tonelada (kg/t) a 137 kg/t em 2019/20 na região, segundo projeções apresentadas pelo diretor de Estratégia, Participações e Relações com Usinas da companhia, Tomas Caetano Manzano, durante a “3ª Expedição Custos Cana”, realizada pelo Pecege/USP, em Piracicaba (SP).

Com isso, a produção do adoçante seja “um pouco maior que as 26,5 milhões de toneladas” de 2018/2019.

Destino

Manzano afirmou ainda que a companhia projeta um mix de destino da cana para o açúcar na safra 2019/2020 entre 35% e 36%. Com isso, de acordo com o executivo, “a safra (2019/2020) será fortemente alcooleira”, como a anterior.

A produção do Centro-Sul deve variar de 30 bilhões a 31 bilhões de litros em 2019/2020, ante 30,9 bilhões de litros em 2018/2019.

Segundo Manzano, mesmo com a projeção de oferta de açúcar um pouco maior que as 26,5 milhões de toneladas da safra passada, a alta constante na produção de etanol brasileiro e a redução na oferta do adoçante de outros países produtores devem fazer com que o fluxo global de oferta e demanda (para o açúcar) se estabilize a partir do segundo semestre. “Em termos de preço para o açúcar a nossa perspectiva é mais otimista do que a do ano passado”, concluiu.

Estadão Conteúdo


Fonte: Estadão Conteúdo