Clipping

Coplacana investe em 2 startups

Não são só investidores de fundos de venture capital e multinacionais que mostram interesse no incipiente segmento de "agtechs" no Brasil. Em Piracicaba, uma cooperativa de 10 mil produtores rurais acaba de realizar o aporte de R$ 1,5 milhão em duas startups.

A Coplacana, originalmente uma cooperativa dedicada só à cana-de-açúcar e hoje atuante também em grãos e pecuária, escolheu a @Tec e Agrorobótica como apostas iniciais em sua nova orientação estratégica para o digital. Sem tecnologias disruptivas, não conseguirá atingir as metas recém-traçadas em seu planejamento para o quinquênio. "Faturamos R$ 1,3 bilhão em 2017 e temos como objetivo chegar a R$ 2,5 bilhões em cinco anos. Nós só atingiremos esse patamar se inovarmos", afirma Klever José Coral, superintendente da Coplacana.

A @Tec é voltada para o setor de pecuária, enquanto que a Agrorobótica realiza análises de fertilidade de solo e folhas. "Fazem soluções inovadoras e, com o investimento, podemos calibrar o produto para atender melhor os interesses do nosso cooperado", diz ele.

A Coplacana decidiu destinar de 2% a 3% da receita à inovação. Segundo Coral, em 2017 foram R$ 1,6 milhão. Neste ano, até maio, R$ 1,5 milhão só com as startups.

Com operações em São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul, a cooperativa também fechou convênio com a Brain, hub de inovação da Algar, em Uberaba. O grupo mineiro de telecomunicações entrará nas propriedades rurais dos cooperados com a conexão e as startups desenvolverão soluções para solo, manejo e clima.

Por Bettina Barros 


Fonte: Valor Econômico