Clipping

Crescente demanda deve levar vendas de etanol na França a novo recorde em 2020

Postado em 28 de Janeiro de 2020

As vendas de etanol na França devem continuar a crescer acentuadamente neste ano, após atingirem um novo recorde em 2019, impulsionadas principalmente por incentivos fiscais e pela maior disponibilidade em postos de combustíveis, disse nesta terça-feira o grupo produtor francês SNPAA.

Um declínio na demanda por diesel e a equipagem cada vez maior de veículos com kits flex também contribuíram para o aumento na utilização do biocombustível, afirmou em entrevista coletiva a secretária-geral da SNPAA, Sylvain Demoures.

O consumo de etanol na França, onde a maior parte da fabricação advém de beterrabas sacarinas e grãos, deve crescer em 130 milhões de litros. A estimativa de consumo no ano passado girou em torno de 1,13 bilhão a 1,15 bilhão de litros, enquanto a utilização do produto em 2018 somou 1 bilhão de litros, segundo Demoures.

O maior volume do combustível no país deve vir de uma redução nas exportações e da maior produção nas usinas locais, que conseguem variar com facilidade entre a fabricação de etanol e a de açúcar, dependendo de demanda e preços.

Os grupos cooperativos Tereos e Cristal Union são os dois maiores produtores de etanol da França.

“Os ‘players’ do setor vão usar todas as capacidades para atender à demanda localmente”, afirmou Demoures.

A França é a maior produtora de etanol da União Europeia, além de segunda maior consumidora, atrás apenas da Alemanha, embora a forte demanda francesa venha diminuindo cada vez mais a diferença entre os países.


Fonte: Reuters