Clipping

Delta Sucroenergia recebe aval para emissão de debêntures

Postado em 3 de Outubro de 2019

O Ministério de Minas e Energia (MME) classificou um projeto da Delta Sucroenergia como prioritário para fins de captação de financiamento por meio de debêntures incentivas. Decisão publicada nesta quarta (2).

Trata-se de projeto de produção e estocagem de etanol e biomassa de cana-de-açúcar, durante as safras 2018/19 e 2019/20, nas unidades Delta e Volta Grande, em Minas Gerais.

Os recursos serão investidos na manutenção e recuperação de parte da produção de cana-de açúcar para produção de etanol, com substituição e replantio da cana.

O MME ampliou este ano a possibilidade de emissão de debêntures incentivadas para o setor de biocombustíveis. Projetos em análise podem gerar emissão de R$ 4,2 bilhões, de acordo com informações do Valor Econômico, publicadas em setembro.

São projetos da Raízen Energia, Ipiranga Agroindustrial, Usina Melhoramentos Norte do Paraná e o da própria Delta Sucroenergia, autorizado nesta quarta (2)

As debêntures incentivadas são uma alternativa de captação de recursos com isenção da alíquota de imposto de renda de 15% para o investidor.

 


Fonte: EPBR