Clipping

Espaçamentos da cana: a escolha entre espaçamentos reduzidos e tradicionais

O tema será debatido no 20º Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-Açúcar, que será realizado nos dias 21 e 22 de março em Ribeirão Preto

 

São muitos os questionamentos feitos sobre como alcançar um canavial de alta produtividade e que tenha maior eficiência operacional para reduzir os custos das operações de colheita. Uma das discussões mais importantes se refere à escolha do espaçamento ideal. Sempre que se trata sobre as mudanças no espaçamento da cultura, se faz menção às principais vantagens e desvantagens que cada sistema pode proporcionar.

Muito conhecimento já se acumulou nos últimos anos sobre os possíveis ganhos de produtividade, perdas de cana na lavoura, arranquio de touceiras, qualidade de matéria-prima, gastos com combustíveis, capacidade das maquinas trabalharem em canaviais com mais massa verde, rendimentos operacionais, compactação de solos, melhor controle de plantas daninhas, além das alterações nos equipamentos para se adaptar ao novo sistema.

A escolha do espaçamento depende muito das condições de fertilidade, textura do solo, das práticas culturais como a irrigação, por exemplo, a serem adotadas, além, principalmente, do clima da região.

Desde 2008, com a redução da queima e aumento do corte mecanizado, o espaçamento alternado - de 1,50 m ou 1,60 m x 0,90 m - ganhou força no Brasil, seus defensores salientam que esse espaçamento é indicado para várias situações de manejo. Entretanto esta é ainda uma discussão que ainda está viva, merece ser novamente discutida, pois muito se aprendeu sobre esta tecnologia de produção.

Mas como será o desempenho de cada opção de espaçamento? Quais os critérios para se adotar um ou outro tipo de espaçamento?

Perguntas como estas serão respondidas no 20º Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-Açúcar, que será realizado pelo Grupo IDEA nos dias 21 e 22 de março em Ribeirão Preto, SP.

O Painel: “Espaçamentos da cana: a escolha entre espaçamentos reduzidos e tradicionais” – contará com os especialistas:
José Olavo Bueno Vendramini (Grupo Tereos)

Lourival Monaco Junior (Consultor) e Dib Nunes Jr. (Grupo IDEA) 

Este Seminário é o mais tradicional evento de atualização técnica do setor, voltado para produtores de cana, gestores e profissionais de usinas.

Serviço:

20º Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-Açúcar

Data: 21 e 22 de março de 2018
Local: Centro Taiwan de Eventos – Ribeirão Preto - SP
Mais informações: 16 3211 4770 ou e-mail: eventos@ideaonline.com.br

INSCRIÇÕES AQUI

 

 

ASSISTA AO VIDEO

Nós estávamos construindo o primeiro evento para discutir a mecanização canavieira da América Latina, o Seminario de Mecanização e Produção de Cana-de-açúcar.

E você?


Fonte: Assessoria