Clipping

Etanol de milho quase dobra produção sobre 2019 e o de cana segue em baixa

Postado em 24 de Setembro de 2020

A produção de etanol de milho quase dobrou este ano em relação a 2019. As destilarias do Mato Grosso e Goiás saíram com 1,01 bilhão até 16 de setembro, acréscimo de 94,5%, e devem ampliar ainda mais uma vez que as entregas do milho de segunda safra ainda estão acontecendo.

Em levantamento do período, a União da Indústria de Cana de Açúcar (Unica) também registrou que o direcionamento do cereal foi maior para o etanol anidro que o hidratado na primeira quinzena de setembro. Nesses 15 dias, foram produzidos 99,88 milhões desse biocombustível.

Novas unidades e up grade nas existentes são os motivos.

Em índices gerais de vendas de etanol de cana e milho, a Unica informa retração de 16,29% no agregado do ano, somando 13,08 milhões de litros, apesar da melhora nos últimos meses.

Açúcar

Desde o início da safra de cana, foram produzidos 20,97 milhões de toneladas, praticamente 10 milhões/t a mais sobre o mesmo período da safra passada, confirmando um ano mais açucareiro enquanto a pandemia derrubou o consumo de etanol.

Na primeira quinzena, as usinas fabricam 3,18 milhões/t, alta de 55,96.

Na quinzena, o volume de cana moída foi de 44,39 milhões/t, mais 12,08%, e no ano, 459,45 milhões/t, mais 4,56%.

 


Fonte: Reuters 23/10