Clipping

Etanol hidratado caminha para fechar a semana em alta na usina

Postado em 21 de Agosto de 2020

Há indicativos de negócios, ao longo dos últimos dias, levando o mercado a acreditar que o etanol vá fechar a semana em alta na usina, pelo levantamento do Cepea/Esalq que será divulgado ao final desta sexta (21).

Talvez não recupere as perdas de duas semanas seguidas, de 1,09% e 0,73%, mas a demanda das distribuidoras foi sentida como melhor desde a segunda-feira, quando o biocombustível hidratado de cana e milho abriu os negócios a R$ 1,6613.

O aumento da gasolina em 6% nesta quinta (20), após os 4% majorados pela Petrobras (PETR3; PETR4) no dia 13, colabora para essa expectativa de Martinho Ono, da SCA Trading, entre outros agentes do mercado que vêem o biocombustível com pouco mais competitividade.

Em paralelo, algumas chuvas no início da semana e nesta sexta prejudicam operações das usinas em algumas regiões produtoras. À menor produção de etanol combina-se com um pouco mais de escoamento dos estoques.

O reajuste dado a gasolina veio após o petróleo girar nos US$ 45 o barril, o tipo Brent em Londres, durante alguns dias, mas a commodity acabou recuando nesta quinta e mais ainda hoje no contrato para entrega em outubro (1,75%/US$ 44,12, às 14h50 de Brasília), por dúvidas sobre a recuperação de demanda global até o final do ano e estoques globais com recuos menores.


Fonte: Money Times