Clipping

ETANOL/CEPEA: Intenso recuo em março limita alta no preço médio da temporada 19/20

Postado em 7 de Abril de 2020

O Indicador Cepea/Esalq do etanol hidratado fechou o ano-safra 2019/20 (de abril de 2019 a março de 2020) com média de R$ 1,8917/litro, alta de 6,1% na comparação com a temporada anterior, em termos reais.

No caso do etanol anidro, a média foi de R$ 2,0745/litro, aumento de 5,1% no mesmo comparativo. Os indicadores mensais – acompanhados pelos Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq-USP – foram deflacionados pelo IGP-M de março de 2020.

Os aumentos nos preços no acumulado da safra, no entanto, acabaram sendo limitados pela forte queda observada em março, quando o hidratado se desvalorizou expressivos 14,8% e o anidro, 8,5%.

O volume total de etanol hidratado comercializado na safra 2019/20, segundo levantamento do Cepea, seguia em curva ascendente até janeiro deste ano, superando em 7% o de igual período da safra anterior. Neste caso, o bom desempenho das vendas de etanol hidratado nas bombas vinha dando suporte ao preço pago ao produtor até aquele período.

No entanto, nos dois últimos meses da temporada (fevereiro e março de 2020), o volume comercializado diminuiu com tanta força que fez com que, no acumulado da safra, houvesse diminuição de 3,7%, comparativamente ao ano safra anterior, segundo levantamento do Cepea.

No segmento varejista, a relação média entre o biocombustível e a gasolina C ficou abaixo dos 70% em praticamente todo o período (abril de 2019 a março de 2020), com média de 66,3%, contra 63,6% na temporada anterior, conforme dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).


Fonte: Cepea/Esalq - USP