Clipping

Ex-funcionários de João Lyra cobram pagamentos

Para credores, processo falimentar está sendo malconduzido.

Diversos ex-funcionários do usineiro João Lyra realizaram na manhã desta quinta-feira, 26, um protesto em frente ao antigo escritório Laginha, em Jacarecica, cobrando o pagamento de seus direitos trabalhistas.

A reunião dos manifestantes tinha como objetivo bloquear a rodovia em frente à sede da Laginha, ato que foi descartado após o administrador judicial, José Luiz Lindoso, receber os trabalhadores para uma conversa.

Segundo um dos integrantes do comitê dos credores, Luiz Ribeiro, o processo estaria sendo malconduzido. "Tivemos muitas vezes reunidos e oferecemos ajuda, mas a lista de pagamento nunca é consolidada", disse.

Por outro lado, Lindoso rebateu as acusações. "Estão sendo coletadas contas correntes dos credores sem processo trabalhista para pagamento direto em conta", destacou.

"Estamos seguindo os procedimentos estabelecidos na cooperação com a Justiça do Trabalho. A Massa Falida está recebendo as informações geradas pelas Varas do Trabalho após efetuar os pagamentos até cinco salários mínimos e dando sequência à correção da lista de credores de forma a possibilitar o próximo pagamento", disse.

No entanto, os credores ainda continuam insatisfeitos. "Nós, ex-trabalhadores e credores da Massa Falida da Laginha, estamos firmes e atentos acompanhando passo a passo a movimentação ao tempo que se constata a lentidão da condução do processo pelo Tribunal de Justiça de Alagoas", finalizaram. 


Fonte: Jornal Extra Alagoas