Clipping

Exportação do açúcar sobe 23,8% e do etanol cai 94,5% em abril ante ano anterior

Postado em 3 de Maio de 2019

O Brasil exportou em abril 1,264 milhão de toneladas de açúcar bruto e refinado, aumento de 23,8% em relação ao total embarcado em igual período de 2018, de 1,021 milhão de toneladas. Quando comparado com as exportações de março, o avanço é de 12,96%. Dados da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia divulgados nesta quinta-feira mostram que, do total exportado no mês passado, 1,0766 milhão de toneladas foram de açúcar demerara e 187,4 mil toneladas de refinado. Os dados consideram 21 dias úteis.

O avanço se dá após um mês (março) em que houve menos dias úteis por causa do feriado de carnaval. Ante abril de 2018, o real teve desvalorização expressiva ante o dólar, o que estimula as exportações brasileiras da commodity.

A receita obtida com a exportação do alimento em abril foi de US$ 373,8 milhões, 15,23% maior que a registrada em março, de US$ 324,4 milhões, e 9,36% superior à de abril de 2018, de US$ 341,8 milhões.

No acumulado dos quatro primeiros meses de 2019, o volume exportado atinge 4,681 milhões de toneladas, queda de 18,02% ante o período de janeiro a abril 2018, de 5,71 milhões, com receita de US$ 1,359 bilhão, recuo de 31,85% sobre o total de US$ 1,994 bilhão de igual intervalo de 2018.

O Brasil exportou apenas 4,1 milhões de litros de etanol em abril, quedas de 96,8% na comparação com os 129,3 milhões de litros embarcados em março, e de 94,5% sobre abril de 2018, quando foram embarcados 74,1 milhões de litros. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (2) pela Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia. O mês passado foi marcado pela alta nos preços e pela demanda firme com oferta restrita no mercado interno, o que normalmente freia as vendas externas.

A receita cambial com a venda do biocombustível alcançou US$ 3 milhões em abril, recuo de 95,5% ante os US$ 66,5 milhões registrados em março. Em relação aos US$ 47,4 milhões de abril de 2018, houve recuo de 93,7% no faturamento.

No acumulado de 2019, o volume exportado alcança 368,5 milhões de litros, alta de 14,3% ante os 322,5 milhões de litros do primeiro quadrimestre de 2018, com receita de US$ 197,2 milhões, queda de 3,2% sobre o faturamento de US$ 203,8 milhões de igual período de 2018.


Fonte: Broadcast