Clipping

Exportações agrícolas da Índia aumentam 23%

Postado em 19 de Agosto de 2020

O ministério da agricultura disse em 18 de agosto que as exportações agrícolas da Índia aumentaram 23,24% em termos de valor para Rs 25,552,7 crore durante o período de março a junho em meio à pandemia de COVID-19. Para promover as exportações agrícolas, foi elaborado um "plano de ação abrangente", segundo o qual estão sendo criados 'fóruns de promoção das exportações' e os agrupamentos agrícolas existentes estão sendo fortalecidos, além de identificar determinados destinos para a promoção das exportações agrícolas, disse o ministério em um comunicado. 

A promoção das exportações agrícolas é extremamente importante não apenas para ganhar divisas para o país, mas também para atingir a meta de um 'Aatmanirbhar Bharat', para o qual a agricultura autossuficiente é crítica, acrescentou. "Mesmo durante o período difícil do bloqueio pandêmico, a Índia teve o cuidado de não perturbar a cadeia de abastecimento alimentar mundial e continuou a exportar", disse o documento. 

De acordo com o ministério, "intervenções claras e proativas" devem ser tomadas para garantir que a Índia se torne um dos principais exportadores de agricultura proporcional à produção. A Índia ocupa a segunda posição na produção mundial de trigo, mas ocupa a 34ª posição nas exportações. Da mesma forma, apesar de estar em terceiro lugar na produção de vegetais no mundo, o ranking de exportação da Índia é o 14º.  

O mesmo é o caso das frutas, onde a Índia é o segundo maior produtor do mundo, mas o ranking de exportação é 23, disse o comunicado. Destacando o plano de ação abrangente para a promoção do comércio agrícola, o ministério disse que os Fóruns de Promoção de Exportações (EPFs) de produtos específicos foram criados para levar as exportações agrícolas a novos patamares. 


Fonte: Agrolink