Clipping

Farsul: valor de R$ 550 milhões para seguro agrícola está longe do necessário

O valor de R$ 550 milhões para subvenção ao prêmio do seguro rural, anunciado mais cedo pelo governo federal durante o lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2017/18, é insuficiente para atender às demandas do setor, na avaliação do vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), Gedeão Silveira Pereira. “R$ 550 milhões para seguro agrícola está longe do necessário”, disse Pereira ao Broadcast Agro, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Para ele, o valor ideal supera R$ 1 bilhão. “Precisaríamos de R$ 1,2 bilhão para subsidiar o prêmio do seguro rural, que ainda é caro no Brasil”, disse ele. “Isso é fundamental para o setor, aumentar os recursos para subsidiar o prêmio”, complementou.

O governo federal anunciou que o Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 terá R$ 190,25 bilhões em crédito rural, valor um pouco maior que os R$ 188 bilhões anunciados pelo banner no evento de apresentação, no Palácio do Planalto, em Brasília (DF).

Segundo auxiliares do presidente Michel Temer, o montante foi alterado entre ontem e hoje com a inclusão dos R$ 550 milhões para subsídios ao Programa do Seguro Rural, valor que ainda não está garantido e só deve ser ratificado no Orçamento de 2018, bem com o R$ 1,4 bilhão extra para a comercialização.


Fonte: Estadão Conteúdo