Clipping

Fertilizantes Tocantins investe R$ 52 milhões para inaugurar unidade em Goiás

 Com um modelo de negócios inovador no Brasil, a Fertilizantes Tocantins (FTO), controlada pelo grupo suíço EuroChem, dará mais um importante passo em seu plano de expansão, iniciado em 2008. Nesta quinta-feira, dia 19 de julho, a empresa vai inaugurar uma nova unidade no município de Catalão (GO), consolidando a posição entre os líderes no mercado brasileiro.

A fábrica de Catalão, que recebeu investimento de R$ 52 milhões, será uma das maiores do Estado, no seu segmento, além de ser a mais moderna. A planta, construída numa área de 18.650 m², dispõe de uma capacidade de armazenagem estática de 80 mil toneladas. A unidade vai gerar 60 empregos diretos e possui um potencial de produção média de 2,5 mil toneladas de fertilizantes/dia. Os fertilizantes serão expedidos a granel, ensacados em sacos de 50 quilos e em big bags (1 tonelada).

            “Goiás sempre esteve presente no nosso projeto de crescimento, com esta nova unidade a FTO passa a atender as principais regiões produtoras do Centro-Oeste brasileiro, uma região com produtividade alta e crescente”, afirma o CEO da empresa, José Eduardo Motta, lembrando a forte presença da FTO no Estado de Mato Grosso, onde a empresa opera três unidades, Querência, Rondonópolis e Sinop, sendo que esta última unidade foi inaugurada em maio de 2018.

Com a chegada da fábrica no Estado de Goiás, que atualmente consome aproximadamente 3,2 milhões de toneladas de fertilizantes, a empresa planeja ocupar uma posição de destaque de forma ágil e eficiente. A importância estratégica de Goiás fica ainda mais evidenciada pelo fato do grupo ter escolhido a sede corporativa na capital do Estado, Goiânia.

            “A expectativa é de que nos próximos anos o Estado de Goiás represente até 15% do total das vendas da empresa. Antes mesmo da inauguração já efetivamos 60% das vendas projetadas para o ano e a fábrica já possui matéria-prima suficiente para atender acima deste volume comercializado”, afirma Eric Santos, diretor de Vendas Centro-Sul da FTO.  

Produtos Especiais – Além dos fertilizantes convencionais, a nova unidade de Catalão está preparada para atender o importante mercado de produtos especiais no Estado de Goiás, tais como cana-de-açúcar, fertirrigação, entre outras. São matérias-primas nitrogenadas de base nítrica, produzidas na Europa pela EuroChem, utilizadas nestas culturas, que complementam a linha de produtos especiais da FTO conhecidas por Linha Forte.

Sobre a Fertilizantes Tocantins/EuroChem
Fundada em 2003 a Fertilizantes Tocantins está estrategicamente localizada nas áreas de maior crescimento agrícola do Brasil: Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Minas Gerais. A FTO teve crescimento de dois dígitos por sete anos consecutivos, com vendas de fertilizantes que superaram a marca de 1.200.000 toneladas em 2017, se colocando entre as principais empresas de fertilizantes do Brasil.

Atualmente a FTO conta com oito unidades de produção localizadas nas cidades de Porto Nacional (TO), São Luis (MA), Querência (MT), Sinop (MT), Rondonópolis (MT), Barcarena (PA), Anápolis (GO), Catalão (GO) e possui escritório corporativo localizado em Goiânia (GO).

Com o objetivo de manter o ambicioso plano de crescimento no país, assim como o de verticalizar a cadeia de produção, em agosto de 2016 a FTO teve o controle acionário adquirido pelo grupo suíço EuroChem, um dos maiores produtores mundiais de fertilizantes.

No momento a EuroChem está concluindo dois grandes projetos de produção de cloreto de potássio na Rússia denominados Volgakaliy e Usolskiy, sendo que este último já está em operação. Consequentemente, a Eurochem se tornará uma das poucas empresas do mundo a ter em seu portfolio a produção de fertilizantes nitrogenados, fosfatados e potássicos, além de dispor de um amplo canal de distribuição global, presente em mais de 40 países. 

SERVIÇO:
Fertilizantes Tocantins inaugura unidade em Goiás
Data: quinta-feira, 19 de julho de 2018
Local: Fazenda Ouvidor dos Claudios - Catalão (GO)
Horário: 10h às 14h


Fonte: O Girassol